Pequenos produtores


Tudo começa com os pequenos produtores, que contribuem com esta cadeia de valor sustentável.

Em todas as etapas do processo do cultivo, da preparação do substrato orgânico, até a colheita, até a entrega em sua casa, tudo é feito através de uma experiência única: quando você consome os cogumelos da Fungo de Quintal, você não está só consumindo um alimento de sabor inexplicável, mas também os frutos de relações justas de trabalho e de um cuidado genuíno com o meio-ambiente. Além disso, damos prioridade para pequenos produtores locais, diminuindo a pegada de carbono ao longo da cadeia.

Os cogumelos são seres vivos que estão presentes naturalmente na natureza, e o cultivo deles de forma controlada é uma verdadeira arte!  Para cultivá-los, além de fornecer o composto orgânicos para se desenvolverem, é necessário simular em ambientes fechados as condições ideais de temperatura e umidade.

Dessa forma nossa produção e colheita nas estufas são estáveis durante todo o ano, respeitando os mais altos padrões da indústria alimentícia com controle da qualidade e rastreabilidade do cultivo até a entrega ao cliente.

Conheça um pouco das famílias que reconhecem o valor da terra e sabem, melhor do que ninguém, que se vamos deixar uma marca na vida das pessoas, a única forma de fazer isso é com todo o carinho do mundo:

Nossas famílias

Da Chão
Domingos e sua mulher Margarida são portugueses, e começaram o trabalhavam na roça com as tradicionais hortaliças, na região de Bragança. Hoje são produtores de paris e portobello, junto com os filhos e netos. 

Maurício
Desde criança gostava de ajudar o pai nos trabalhos do sítio. Cresceu, e após experimentar trabalhos convencionais em lojas de rua, resolveu experimentar ser vendedor de cogumelos em conserva. Encantado com o universo dos cogumelos, não demorou muito para ter seu proprio sítio para produzir cogumelos frescos. Hoje, junto com sua mulher Jéssica e a neném Noemi, cultivam além do portobello, também algumas variedades especiais de shimeji.

Hattori
Cecília e seu marido trabalhavam com agricultura tradicional há muitos anos na região de Sorocaba, quando se encantaram ao conhecer um sítio de cogumelos. Logo decidiram empreender, construiram estuas em seu próprio sítio, e trocaram o trabalho pesado da horta pelo cuidado delicado dos cogumelos, levando uma vida sem contato com fertilizantes e defensivos químicos que estavam acostumados a usar na plantação.

Cacá
Foi morando no japão alguns anos, onde toda a família conheceu pela primeira vez um cultivo de shitake. Se apaixonaram e resolveram estudar e aprender as técnicas lá mesmo, e então voltaram para o Brasil para iniciar um cultivo próprio.  
Após muitas dificuldades para adaptar e substituir os componentes orgânicos japoneses, hoje são produtores conhecidos da região de Sorocaba há quase dez anos.

Piter
Piter é holandês, e começou sua vida profissional comercializando cogumelos silvestres em Portugal. Foi para a China pesquisar e aprender mais sobre o universo dos fungos, e após seus filhos crescerem, resolveram se mudar para o Brasil para empreenderem do zero com o próprio cultivo de cogumelos. Com muito estudo e planejamento, hoje produzem shimeji negro e eryngui de forma modernizada.

Pague com
Selos
  • Site Seguro

Fungo de Quintal - CNPJ: 28.411.558/0001-89 © Todos os direitos reservados. 2020